em matéria
em em vídeo
em convidado
Últimas Notícias
Convidados
Fale conosco Expedinte/Termos de uso [email protected] Whatsapp 55 67 3355 4794 © Copyright 2017. Todos os direitos reservados à
MULTIPLIX - Planejamento, Mercado e Tecnologia

POLÍTICA

POLÍTICA - Sexta, 27/08/2021

Roda de Conversa reúne homens para debater masculinidades e violência contra as mulheres

Mato Grosso do Sul é o segundo estado do país em casos de feminicídio

Divulgação/CMCG

“A violência contra as mulheres é um fenômeno que impacta toda a sociedade, nada mais justo então que todos se responsabilizem em combatê-la”, explica a vereadora Camila Jara

Uma roda de conversa composta só por homens para debater o papel deles no combate à violência de gênero. É o que vai acontecer na próxima segunda-feira (30) a partir das 9h no Plenário da Câmara Municipal.

O evento faz parte da programação especial do Agosto Lilás proposto pela vereadora Camila Jara (PT) e vai reunir cerca de 15 homens, entre psicólogos, sociólogos, filósofos, médicos, estudantes, representantes de coletivos e da sociedade civil, além dos vereadores Marcos Tabosa (PDT), Professor André (REDE), Ayrton Araújo (PT) e o deputado estadual Pedro Kemp (PT).

O grupo se propôs a debater temas como a construção de masculinidades e o impacto na saúde dos homens em causas externas como homicídio, suicídio e acidentes de trânsito, masculinidade saudável em grupos de homens, desafios da masculinidade, os diferentes papéis enquanto homem, pai, namorado, entre outros assuntos.

“A violência contra as mulheres é um fenômeno que impacta toda a sociedade, nada mais justo então que todos se responsabilizem em combatê-la. Precisamos entender também onde, quando e como nasce esse pensamento que acredita que a mulher é propriedade do homem para trabalhar uma educação que desconstrua essa ideia”, explica a vereadora Camila Jara.

O evento
A roda de conversa “Se liga, cara!” vai discutir como as masculinidades afetam homens e mulheres com transmissão ao vivo pelas redes sociais da Câmara: Youtube e Facebook e pela página da vereadora Camila Jara no Facebook, para que a população possa assistir e contribuir com comentários ou enviar perguntas.

Violência em dados
Mato Grosso do Sul é o segundo estado do país em casos de feminicídio. Dados da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) mostram que de 1º de janeiro até 31 de julho deste ano, por dia, pelo menos, 43 pessoas foram vítimas de ameaça, lesão corporal dolosa, feminicídio ou tentativa de feminicídio. São praticamente duas vítimas por hora.

Agosto Lilás
A Campanha Agosto Lilás foi criada em referência à sanção da Lei Maria da Penha (Lei Federal nº 11.340/2006), assinada no dia 7 de agosto e que está completando 15 anos em 2021.


Com informações da CMCG
exito Neex Brasil - Criação e Desenvolvimento de Sites
55 (67)3355 4794

"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade."
George Orwell